Safern - Sindicato dos Atletas de Futebol Profissional do Estado do Rio Grande do Norte

Unidos pelo bem de todos

Notícias

22 de maio de 2015 Robinho fala a verdade: “Sou profissional”

Robinho choca torcedores e diretoria com discurso realista e direto

Robinho, definitivamente, não falou o que o torcedor gostaria de ouvir.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Depois de perder para o Sport, pela terceira fase da Copa do Brasil, a quinta-feira do Santos tinha tudo para passar em branco, uma ressaca considerada normal, após um revés fora da casa. Nada disso. A coletiva de Robinho, principal nome do elenco, transformou a tarde em momento de suma importância no CT Rei Pelé, na Baixada Santista. Era hora do camisa 7 dar as caras e esclarecer qual caminho trilhará no futuro.

Robinho aproveitou os dez minutos de entrevista coletiva para ‘pedalar’ diante da imprensa e responder tudo com um leve toque de ironia, uma pitada de bom humor e cutucadas precisas no presidente Modesto Roma Jr, ausente na conversa.

Para cada “ninguém gosta de sair do lugar onde é bem recebido”, houve um “sou profissional e tenho que pensar no que é melhor para mim e para minha família”. Ao mesmo tempo em que não negou uma hipotética ida aos clubes paulistas, sim, Corinthians,Palmeiras e São Paulo, fez questão de ressaltar o quão orgulhoso se sente em poder vestir a camisa do Santos Futebol Clube.

Robinho, definitivamente, não falou o que o torcedor gostaria de ouvir. Muito pelo contrário. Usou seus dez minutos para mandar um recado claro à diretoria santista: a pressa na renovação contratual é do Santos. O atacante tem mercado no país e fora dele e sabe muito bem disso.

Da sala da imprensa lotada, na qual entrou brincando com os funcionários do Peixe e saiu cumprimentando os jornalistas, Robinho foi conciso e senhor das palavras: sabia o recado que queria passar e a quem o mesmo estava destinado.

No entanto, Robinho arriscou ao ser incisivo e, de certa forma, acabou magoando quem sempre o idolatrou desde o inesquecível ano de 2002. Nas redes sociais, as manifestações de torcedores foram imediatas e nada a favor do atacante.

Vale lembrar que, em 2005, ainda em sua primeira passagem pelo clube, o camisa 7 chegou a se recusar a entrar em campo pelo Santos para forçar sua liberação. À época, acertou com o Real Madrid e criou-se um clima amargo na Vila Belmiro. Alguns mais revoltados trocaram a campanha ‘Fica, Robinho’ por ‘Vaza, Robinho’.

O vínculo do Rei das Pedaladas com o Alvinegro Praiano vai até o dia 30 de junho e, até lá, os santistas esperam ansiosos pelo fim de toda essa história.

Fonte: IG

Voltar

Inferninho
Futebol Interior
Direito de Arena
Cadastro de Atletas
Fenapaf
Capitão e Paredão

ÚLTIMOS VÍDEOS

Ver mais

FACEBOOK



SAFERN

Sindicato dos Atletas de Futebol Profissional do Estado do RN.
Rua Promotor Manoel Alves Pessoa Neto, 45, sala 1313
Candelária - Natal/RN - CEP - 59.065-555 - CNPJ 09159081/0001-41
Telefone: (84) 99478 - 4556 - contato@safern.com

Horário de atendimento: segunda a sexta - 14h às 18h.